EU COSTUMAVA TER UMA VIDA F*DIDA
ebook

EU COSTUMAVA TER UMA VIDA F*DIDA

Editorial:
HARLEQUIN IBÉRICA PORTUGAL
Materia
Literatura/Temas de Actualidad
ISBN:
978-84-9139-442-6
Páginas:
224
Formato:
Epub
Derechos eBook:
Copiar/pegar: Prohibido.
Imprimible: Prohibido.
DRM
Si
Colección:
HARPERCOLLINS PORTUGAL | HARPERCOLLINS PORTUGAL

UM GUIA ATUAL E NADA CONVENCIONAL PARA ENCONTRAR A FELICIDADE E UM PROPÓSITO NA VIDA QUE FORNECE UMA LISTA DE SINS E NÃOS QUE TE VÃO DESAFIAR A EXAMINAR-TE E REPENSAR A DEFINIÇÃO DE MASCULINIDADE.

SIM: distingue quem és daquilo que fases

NÃO sejas simpático, sê bondoso

SIM: expressa os teus malditos sentimientos

NÃO piques o ponto

SIM: sua diariamente

NÃO urines no chuveiro

Ser um homem é bem mais do que fazer dezoito anos. Ser um homem prende-se com as escolhas diárias que nos conduzem ao nosso potencial pleno. John Kim sabe-o. Ele foi uma criança a maior parte da vida. E costumava ter uma vida fodida.

Depois de um divórcio o ter obrigado a lidar com as suas próprias limitações, iniciou um blogue denominado The Angry Therapist, onde começou a escrever sobre os problemas que o conduziram a esse ponto. Dado que o seu trabalho o absorveu e catapultou para o inesperado papel de coach pessoal e terapeuta de vida para milhares de pessoas, progrediu e deixou de agir como uma criança para passar a viver como um homem, mostrando aos seus clientes como fazer o mesmo.

Em Eu costumava ter uma vida f*dida, John Kim ajuda os leitores a darem pequenos passos rumo a grandes mudanças. Com o lema absurdo «autoajuda num copo de shot», este terapeuta raivoso ensina porque e como:

* Os rapazes afugentam, mas os homens atraem

* Marcar encontros de homem pode tornar-te melhor amigo, amante e ser humano

* Discutir, julgar e dizer «não sei» minam o sucesso no trabalho e em casa

Todos os homens querem o mesmo: uma carreira gratificante, relacionamentos sólidos, respeito verdadeiro e um amor duradouro. Começa desafiando-te a seres melhor, um desafio não só para ti mas para toda a gente à tua volta. Se alguma vez sentiste que a tua vida era fodida, entra no consultório de The Angry Therapist (é um café) e faz de ti o homem que sempre quiseste ser.