O RAPAZ QUE CONQUISTOU O MUNDO
ebook

O RAPAZ QUE CONQUISTOU O MUNDO

Editorial:
HARLEQUIN IBÉRICA PORTUGAL
Materia
Literatura/Temas de Actualidad
ISBN:
978-84-9139-404-4
Páginas:
480
Formato:
Epub
Derechos eBook:
Copiar/pegar: Prohibido.
Imprimible: Prohibido.
DRM
Si
Colección:
HARPERCOLLINS PORTUGAL | HARPERCOLLINS PORTUGAL

Brisbane, 1985: Um pai perdido, um irmão mudo, uma mãe drogada, um padrasto traficante de heroína e um delinquente como ama. A vida de Eli Bell já era suficientemente complicada. Tudo o que quer é seguir o seu coração e compreender o significado de ser um bom homem, porém, o destino continua a criar-lhe obstáculos. Um deles é Tytus Broz, um traficante de droga lendário de Brisbane.

No entanto, agora, a vida de Eli vai tornar se ainda mais séria: Vai conhecer o pai de quem não se lembra, invadir a prisão de Boggo Road Gaol no dia de Natal para salvar a mãe, estar frente a frente com os criminosos que destruíram o seu mundo e apaixonar se pela rapariga dos seus sonhos. Uma história de irmandade, de amor verdadeiro e da amizade mais improvável, O rapaz que conquistou o mundo será o romance mais doloroso, jubiloso e excitante que lerá este ano.

«O rapaz que conquistou o mundo é uma dessas histórias que desafia as expectativas, reinventa as barreiras do género e seduz do princípio ao fim... Um verdadeiro tesouro.»

«Uma façanha excecional. É o Cloudstreet do submundo criminoso dos subúrbios australianos.»

Herald Sun

«Soberbo. O rapaz que conquistou o mundo confirma Trent Dalton como um genuíno génio das letras australiano.»

Annabel Crab

«Magnífico.»

Adelaide Advertiser

«Este livro iluminará até os dias mais cinzentos.»

Sydney Morning Herald

«Traz-me lembranças muito claras da minha infância nos subúrbios.»

Daily Telegraph

«É uma história sobre o potencial do mundo como um lugar de luz, de riso, de beleza, de perdão, de redenção e de amor.»

The Australian

«Tão bom que o deixará com pele de galinha.»

Queensland Times

«Vai partir-lhe o coração e fazê-lo rir se... Às vezes, na mesma frase.»

Qantas Magazine

«Leitura obrigatória.»

Herald Sun

Otros libros del autor